Comissão de Moradores de Santa Cruz de Benfica Comissão de Moradores da Damaia        
email: geral@cril-segura.com         telm: 915565471 telm: 936480762

Com chuva é um "mar de lama". Sem chuva é uma "núvem de pó"

Diariamente (das 07h manhã às 03h da madrugada), centenas de camiões carregados de terra e pedras, abandonam a obra, junto à Escola Básica do 1º Ciclo Professor José Salvado Sampaio (nº17 de Lisboa) situada no Bairro de Santa Cruz de Benfica, não cumprindo o exigido pela lei, sem a carga tapada, sem qualquer limpeza dos rodados, colocando em perigo peões (maioritáriamente crianças e idosos).

A circulação destes camiões tem provocado a acumulação de grandes quantidades de terra, lama e pó na faixa de rodagem e passeios, com todos os perigos que isso acarreta. Simultaneamente, ocorre o afundamento e a destruição do pavimento, assim como, vibrações e fissuras nas habitações e o lançamento destes detritos para cima de pessoas, carros e casas, chegando a tornar o ar difícil de respirar.

Apesar de inúmeras queixas, a PSP e a fiscalização da obra não actuam devidamente perante esta situação.
Os meios de limpesa que têm estado a utilizar, veículos motorizados, como o que está na foto abaixo, e outro menor, têm sido ineficazes, como mostram as fotos e os videos...

Perante esta situação, um dos nossos vizinhos enviou o seguinte email, com fotos anexadas, à Estradas de Portugal:


A sua Sugestão / Reclamação foi registada!

Processo 8316-SUG-2009

1 Identificação do Tipo de Situação
    Tipo de Situação
Sugestão
Data da Ocorrência
05-02-2009
     
2

Identificação do Local

    Distrito
Lisboa
Concelho
Lisboa
    Estrada
Outra
Outra
CRIL
KM
1
    Localidade mais próxima
onde passou

B. Sta. Cruz
Localidade mais próxima
para onde se dirige

R. Cte. Augusto Cardoso
     
3 Identificação do Evento
    Tipo de Evento
Ambiente
Detalhe
Outro
      Outro
Lama das obras da CRIL na R. Comandante Augusto Cardoso e outras
     
4 Descrição Sucinta da Ocorrência
   
Os camiões que levam as terras provenientes das obras da CRIL, deixam as ruas cheias de lama, mesmo depois de serem limpas pelos respectivos veículos, os carros estacionados ficam sujos e corre-se o risco de escorregar e cair ao atravessar a rua.
Sugestão: construir um tabuleiro para lavagem das rodas ao sair da obra, 1º com lombas para provocar trepidação e soltar a lama, 2º cerca de 30cm de água para lavagem, 3º jacto de mangueira.

 


Esta foi a resposta, a esse email, da Estradas de Portugal:
From: <gci@estradasdeportugal.pt>
To: <xxxxxxx@xxxxxx.xx>
Sent: Monday, February 09, 2009 12:17 PM
Subject: Estrada Livre - Processo 8316-SUG-2009


Exmo Senhor

Relativamente à sua Sugestão / Reclamação, que agradecemos, temos a informar que lamentamos a situação descrita no entanto, as condições climatéricas existentes e a necessidade de rápida concretização da obra têm dificultado um melhor acompanhamento destas situações.
A obra vai tomar as medidas necessárias tendo sempre em consideração as propostas feitas pelos utentes.

Cumprimentos,
Programa Estrada Livre,
Estradas de Portugal, S.A.

 
Após esta resposta da Estradas de Portugal a situação tem vindo a piorar como mostram estas fotos:



e estes videos "Lama Na Estrada - Limpeza Ineficaz" e "Rodas Por Lavar - Lei por Aplicar" (clique aqui):

Será que neste País, o cumprimento da Lei está sujeito às condições climatéricas e à urgência da concretização das obras???